Usando lentes Nikon em câmeras Sony (e-mount – NEX)

/, Equipamentos, Fotografia/Usando lentes Nikon em câmeras Sony (e-mount – NEX)

Usando lentes Nikon em câmeras Sony (e-mount – NEX)

Desde que decidi migrar da Nikon para Sony (pelo simples motivo de querer diminuir peso e permanecer com qualidade), fiquei me perguntando se poderia usar algumas das minhas lentes Nikkor na câmera que decidir comprar, a Sony A6000. Vi muita gente na internet dizendo que os adaptadores da marca Metabones funcionavam muito bem com lentes Canon, mas não encontrei sequer uma alma boa que me falasse (em língua portuguesa) do uso com as lentes do “lado negro da força”.

Atenção!

Eu gostaria de lembrar que não sou um “escovador de bit”! Os testes aqui apresentados são relativos à usabilidade e não de laboratório. Escrevo minhas impressões quanto ao uso, se funcionaram ou não para mim, ou seja, se fiquei satisfeito com os resultados. Não espere ler “score” de sensor ou gráfico MTF.

Após algumas pesquisas, vi que os Metabones custam, lá fora, em média $400 dólares (preço da loja B&H em NY), ou seja, aproximadamente R$ 1.600 reais, sem contar frete e impostos de importação. Um investimento bem alto! Descobri então uma marca alternativa – a Commlite, uma chinesa bem citada nos reviews gringos que custa uma fração da outra. Arrisquei. Comprei no AliExpress e paguei $40 dólares em uma promoção (cerca de R$ 160 reais). Hoje ele custa um pouco mais, em torno de $55 dólares. A desvantagem de comprar nesses sites chineses é que demora uma vida para chegar (por outro lado, quando chega você até já esqueceu que comprou e acha que é presente!), mas a vantagem é o preço. Demorou 55 dias, mas chegou tudo certinho.

A primeira vista já me impressionou. Muito bem embalado, com a caixa customizada, interior de isopor com o encaixe perfeito para diminuir qualquer impacto, manual, certificado de garantia, saco plástico protegendo o adaptador e, dentro dele, um pacote de sílica-gel para absorver a umidade.

O adaptador em si é muito bem construído, com material feito de liga de alumínio e acabamento visualmente idêntico ao dos corpos das câmeras da série D7000x da Nikon, além de receber uma pintura especial a fim de minimizar reflexos internos. Confira algumas imagens:

O adaptador possui um anel que você pode regular a abertura, mas os números não representam os “stops” que conhecemos. Ele tem 8 f-stops com 1 intervalo entre cada stop, ou seja, 16 posições diferentes. Pelo que eu pude perceber, o adaptador divide o mínimo e o máximo da sua lente dentro desses intervalos. Exemplo: se você tem uma lente que vai de f/1.8 a f/22, na marcação 1 do adaptador será f/1.8 da lente e na marcação 8 será f/22. Testei lentes mecânicas (série D) e as totalmente automáticas (série G) e ambas funcionaram perfeitamente (embora nas lentes manuais você pode usar o anel de abertura da própria lente, bastando que o adaptador fique sempre na posição 8). A única ressalva é que nas lentes da série G a abertura mínima que o adaptador proporciona não é exatamente a abertura mínima da lente, ficando levemente maior e, consequentemente, deixando passar mais luz.

E para finalizar no que se refere ao adaptador em si, ele ainda vem com um encaixe para tripé, no formato padrão, que pode ser removido. Inteligente o recurso, pois, como a lente ficará um pouco mais para frente, equilibrar o peso pode ser uma boa.

Ok, o adaptador é lindo, bem construído e tal. Mas e aí? Funciona?

E a resposta é sim! A câmera fica inteira manual, mas com o viewfinder eletrônico é impossível errar exposição, mesmo não tendo a informação de abertura. A profundidade de campo também fica visível no viewfinder e os desfoques (e a intensidade deles) você consegue controlar no olho. E claro, com o recurso de focus peaking da Sony A6000/A7x (se você não sabe o que é isso, clique aqui), não tem mais desculpa para errar o foco, ainda que no manual. Saí para fazer alguns testes na Lagoa da Pampulha e o resultado são as fotos abaixo:

Todas as fotos acima foram feitas com uma lente Nikkor 35mm f/1.8 G.

Bem, é isso pessoal, espero que tenham curtido. Abaixo, seguem dois links: o do adaptador Metabones no site da B&H e o link no qual comprei o Commlite no AliExpress.

Obrigado mais uma vez e até a próxima!

Metabones no B&HClique aqui

Commlite no AliExpreessClique aqui

By |2018-12-19T23:03:58+00:00novembro 22nd, 2015|Artigos e Tutoriais, Equipamentos, Fotografia|0 Comments

About the Author:

Graduado em fotografia pela Universidade FUMEC (2015), Bruno do Val é nascido em Santos (SP) mas escolheu Belo Horizonte como seu lar desde 2007. Iniciou na fotografia em 2010 e seus estilos preferidos são fotografia de natureza / paisagens e artístico autoral. (www.brunodoval.com.br)

Quem somos

O Objetivo principal do CineStudio é o compartilhamento de informação em fotografia e cinematografia. Vamos dividir aqui tudo o que conhecemos. Nossos acertos, tentativas e claro, os erros também.

Contatos

Bruno do Val
www.brunodoval.com.br
(31) 99405-0899

Júlio Sardinha
www.juliosardinha.com.br
(31) 98821-2970